Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

APRENDIZADO - Você se lembra de seus professores?
Qua, 09 de Novembro de 2011 13:41

Denis Ferrari*/Especial para BR Press

(BR Press) - Quantos professores você conheceu até hoje? Agora você deve estar buscando na memória pessoas que cumpriram esse papel importantíssimo na sua vida. Nesse momento, até bate uma saudade daquele(a) professor(a) do ensino médio ou até mesmo da graduação.

Na verdade, apesar da importância desses professores na sua formação como pessoa, não é deles que vou tratar nesse texto, mas sim daquelas pessoas que assumiram o papel de professor(a) por um breve momento e fizeram você refletir sobre algum aspecto da sua vida.

Em 2005, eu estava fazendo um curso da minha área (TI) e percebi que o nosso instrutor não nos chamava pelo nome, mas sim como "professor". Ao entrarmos na sala, ouvíamos ele dizendo: "Boa noite, professor". Até pouco tempo, não conseguia entender por que ele fazia isso.

Nossa vida é composta por várias áreas, tais como: saúde, controle financeiro, profissão, vida amorosa, entre outras. Cada uma com sua importância. E precisamos tomar conta de todas, mas é difícil achar esse equilíbrio e, por muitas vezes, damos mais atenção ao trabalho do que à saúde, não controlamos nossos gastos, etc. Por mais que tenhamos um talento natural em algumas dessas áreas, as outras também carecem de atenção.

Mais que trabalho

Tendo como ponto de partida que nossa vida é mais do que nosso trabalho, não importa o quão especialista você seja naquilo que faz, você também precisará aprender sobre as outras áreas da sua vida para ser completo.

Isso levanta uma questão: quem vai te ensinar o necessário sobre amor, saúde e as outras coisas? A resposta é simples: qualquer pessoa.

Preste atenção

Toda a informação que precisamos está à nossa volta em forma de pessoas que, muitas vezes, por algum motivo, não nos damos ao trabalho de ouvi-las.

Desenvolvemos a fala com cerca de um ano e meio de idade, mas demoramos a aprender a ouvir as pessoas que nos cercam. Um amigo que aconselha sobre como lidar com relacionamentos, um idoso na praça que diz que você deve aproveitar melhor o tempo, sua mãe que diz que você deveria cuidar mais da sua saúde.

Todos eles são, mesmo que por um breve momento, professores da vida. Eles possuem as informações e os ensinamentos que podem nos tornar pessoas mais completas, felizes e realizadas.

Hoje em dia, quando tenho alguma dúvida relacionada ao meu trabalho, resolvo rapidamente com a ajuda do Google. Essa prática não é eficaz para outras áreas da nossa vida. Compartilhar os nossos problemas, dúvidas, opiniões, preferências e medos com outras pessoas, e realmente ouvir o que elas têm a dizer, faz uma grande diferença.

Ainda tenho muito que aprender sobre ouvir as pessoas, mas como outras coisas, essa habilidade só se desenvolve com a prática.

(*) Denis Ferrari, 25 anos,  é gerente de projetos da Mindworks, graduado em Sistemas de Informação, possui o blog Heróis da TI, escreve para o site Minha Carreira e esta coluna com exclusividade para a BR Press. Fale com ele pelo email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , pelo Twitter @brpress e/ou pelo Facebook.