Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

GENTE - Gurus fundem tecnologia e vida na Campus Party
Ter, 07 de Fevereiro de 2012 14:20

Michio Kaku, o "físico do impossível", marca presença na ...

(São Paulo, BR Press) - O calor abrasador e a ridícula falta de wi-fi – os patrocinadores preferem privar os usuários da conveniência do "sem fio" a deixar uma conexão-lesma ofuscar seu produto que oferece 20GB apenas a cabo – podem comprometer o bom andamento geral dos trabalhos na Campus Party, que começou nesta terça, no Anhembi. Mas se depender dos astros convidados para o evento supostamente mais conectado do mundo, a festa de conhecimento está garantida.

    Há uma grande profusão de britânicos entre os cérebros mais badalados da feira geek que une tecnologia da informação, internet, novas mídias, empreendedorismo e até astronomia. Filosofia e cultura ciberética passeiam de maõs dadas nesse sarau geek, cuja bíblia de cyberpunk  Neuromancer, de William Gibson,  uma das mais famosas novelas de ficção científica, pode paracer conto de carochinha em meio à cada vez mais tecnológica e involuntária fusão da humanidade com as máquinas, mídias e marcas. Esse hibridismo já tem nome: cibridismo.

    "Nosso corpo físico e nossa mente estão se expandindo com a tecnologia", afirma a professora, engenheira e especialista em cibridismo, Martha Gabriel. Em sua palestra na manhã de abertura da Campus Party, ela citou Marshall McLuhan, visionário da chamada aldeia global que o mundo online se tornou: ''O homens criam as ferramentas. As ferramentas recriam os homens''.

Ciborgue

    O artista visual e compositor inglês Neil Harbisson, presente na Campus Party, é reconhecido oficialmente como o primeiro ciborgue do mundo. Ele preside a Fundação Cyborg. Harbisson possui acromatopsia, que é uma condição visual que o obriga a ver o mundo em preto e branco desde seu nascimento.

    Desde seus 20 anos tem instalado um olho eletrônico na cabeça chamadao eyeborg, permitindo que reconheça as cores. Em 2010, ele fundou o Cyborg Foundation, uma organização internacional para ajudar os seres humanos a se tornam ciborgues e defender os direitos dos ciborgues.

"Físico do impossível"

    Entre outras distintas figuras que sobem ao palco principal, estão Michio Kaku, o "físico do impossível", que é, hoje, o principal porta-voz da física teórica no mundo. Com pesquisas que englobam desde a Teoria de Tudo até a Teoria de Campos de Cordas, da qual é co-criador, Kaku busca revolucionar e desvendar os mistérios do universo através de simples equações.

    Professor na Universidade da Cidade de Nova York, Kaku já escreveu nove livros que fizeram dele uma referência para inúmeros programas de televisão e documentários.

Computador na favela

    Sugata Mitra é pesquisador e professor de Tecnologia Educacional da Newcastle University, da Inglaterra, e professor visitante do Massachusetts Institute of Technology (MIT). É considerado um dos maiores estudiosos do mundo na área de tecnologia educacional.

    Em 1999, realizou um experimento conhecido como Hole in the Wall, que consistiu na colocação de um computador com acesso à internet num buraco de um muro em local público em uma favela em Nova Delhi, na Índia. Câmeras escondidas mostraram que crianças que brincavam no local iniciaram, autonomamente, um processo de aprendizagem sobre como usar o computador. Depois, umas ensinavam as outras a navegar.

    O professor repetiu o experimento em outras localidades e tem comprovado que crianças podem aprender interagindo com as telas digitais, mesmo sem a necessidade de uma orientação formal e presencial. Sugata Mitra abre oficialmente as atividades do EducaParty na Campus Party, no Palco Principal, nesta terça (07/02) de fevereiro, 19h.

    Kul Wadhwa, diretor-gerente da Wikimedia Foundation/Wikipedia, também   fala um pouco de português, sabe preparar caipirinhas e brilhou com sua palestra na edição 2011 da Campus Party Brasil. Ele repete a dose nesta quinta (09/02), no Palco Principal, às13h.

    Wadhwa é  responsável pela expansão de atividades, parcerias estratégicas e novas plataformas ligadas à Wikimedia Foundation/Wikipedia – as enciclopédias gratuitas na internet. Possui mais de uma década de experiência no gerenciamento e desenvolvimento de negócios, incluindo cargos em uma grande variedade de empresas de tecnologia e instituições como a Stanford University. Graduado em Ciências Políticas e com mestrado em Políticas Internacionais, Wadhwa promete dar outra palestra imperdível.

Ativistas

    O ano de 2011 entrou para história por conta de protestos que abalaram diversos países mundo afora, dos Estados Unidos ao mundo árabe. Ainda não se pode dizer com exatidão quais serão os desdobramentos finais destes movimentos, mas uma coisa é certa: é impossível pensar o ativismo moderno sem levar em conta as mídias sociais.

    Esta semana, a Campus Party traz para o Brasil os ativistas Charles Lenchner, do Occupy Wall Street, Olmo Gálvez, da Acampada del Sol, e Leila Nachawati, blogueira sírio-espanhola que quebrou o silêncio midiático em torno da situação na Síria, para falar sobre o papel que teve a Internet nesta ação e qual é o potencial da ferramenta nas mudanças sociais.