Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

PERSONAGEM - Rafael Losso compara Capitão de Rotas do Ódio com Bolsonaro
Sex, 23 de Agosto de 2019 16:51

Rafael Losso como o chefe de uma gang neonazista de SP na s...

(São Paulo, brpress) - O ator curitibano Rafael Losso, 41 anos, que interpreta o skinhead Capitão na série Rotas do Ódio – cujo último episódio da terceira temporada será exibido domingo (25/08), na Universal TV –, fez piada com o nome de seu personagem, chefe de uma gang neonazista que espanca e mata imigrantes, LGBTs e negros no centro de São Paulo. A associação com Jair Bolsonaro é inevitável. 

“Posso falar por mim e por meus colegas da série de Rotas do Ódio que, como atores, fazer esse trabalho foi uma das coisas mais pertinentes que aconteceram, em face da situação que estamos vivendo neste país”, disse Losso, no encontro com jornalistas no lançamento da terceira temporada de Rotas do Ódio. 

Fazendo m…

“Vocês acompanharam a primeira e a segunda temporadas, onde a gente tinha o Capitão que estava dentro de seu próprio grupo tramando a traição para tirar o dono da gang do poder”, continua. “E agora ele entra na chefia pra fazer merda (risos). Que estranho, né? É meio parecido com a realidade…”, ironiza. 

“Mas o mais legal é ter um vilão chamado Capitão!” (mais risos) A criadora da série, Susanna Lira, jura que o Capitão de Rotas do Ódio foi criado bem antes de Bolsonaro ganhar relevância na cena política brasileira e que o apelido do chefe da gang neonazista da série era o nome de seu cão – “um vira-lata”, esclarece. 

Rafael Losso está no elenco do musical Lazarus, de David Bowie, com direção de Felipe Hirsch e curadoria de Monique Gardenberg, em cartaz no Teatro Unimed, em São Paulo. Mais uma vez, ele é um cara mau: o assassino em massa Valentine.

(Juliana Resende/brpress)

Leia mais sobre Rotas do Ódio aqui e aqui.