Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

MUSEU - MoMA fecha para visitações
Seg, 16 de Março de 2020 14:32

Pablo Picasso. Les Demoiselles d’Avignon. 1907, parte da c...

 

(Nova York, brpress) - O Museu de Arte Moderna de NY, o MoMA, mal reabriu após ser repaginado e anunciou, na última sexta (13/03), que estará fechado até pelo menos 30 de março, por causa da pandemia do coronavírus. Estão fechados também o MoMA PS1, as lojas MoMA Design Stores na 53rd Street e no  Soho. Todos os eventos também serão adiados. 

 

O MoMA - considerado um dos principais museus do mundo – reabriu em outubro de 2019, após um projeto de renovação e expansão que realça galerias e áreas públicas. A reforma permite que o MoMA mostre sua coleção sob novos conceitos, com ênfase na arte e em artistas de diversas origens e perspectivas, como a brasileira Lygia Clark (1920-1988).

 

Para apreciar e compartilhar 

 

O MoMA está transformado e a brpress espera que reabra em breve e continue reinando no roteiro cultural de Nova York. Juntamente com novas galerias e um estúdio para performances, o Museu de Arte Moderna de Nova York foi reformulado repensando em como vivenciamos e compartilhamos arte nos dias de hoje. 

 

O museu foi reaberto com este novo conceito, com 30% a mais de espaço e cerca de 6 mil obras de arte reposicionadas. A ideia é que a sensacional coleção do MoMA seja vista como nunca antes. Há arte em todas as mídias, mais artistas e novas vozes para as galerias. 

 

Spring Reveal

 

O MoMA anunciou recentemente detalhes da mostra Spring Reveal, programada para maio de 2020, que apresentará mudanças significativas em 20 de suas galerias de coleções na recém-construída ala David Geffen.

 

O Spring Reveal cumpre a promessa de renovar constantemente a apresentação e explora as relações entre obras de arte exibidas em contextos em constante mudança.

Reconhecendo que não há uma história única ou completa da arte moderna e contemporânea, o Museu continuará a girar e reinstalar sistematicamente um terço dessas galerias da coleção a cada seis meses. 

 

Até 2021, o MoMA terá re-coreografado cada uma de suas galerias no quinto, quarto e segundo andares. É o museu em movimento.