Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

An AgeAn Age

Regent Street: luxo de investir em arte pública

Londres, brpress) - Icônica rua londrina, que dita moda ao mundo por unir moda e cultura, tem um acervo invejável de obras a céu aberto: Regent Street Portfolio. Por Juliana Resende.

(Londres, brpress) –  A chamada Myle of Style da icônica rua londrina, que dita moda ao mundo por unir moda e cultura, tem um acervo invejável de obras de arte a céu aberto: Regent Street Portfolio. São mais de uma dezena de obras dos principais artistas contemporâneos, especialmente britânicos. A ideia é que novas lojas e/ou empreendimentos estabelecidos no local dêem sempre uma contrapartida em arte para o público. 

Em 2014, foram adquiridas duas novas obras: An Age, An Instant, da jovem artista britânica Rona Smith, que consiste em um conjunto impressionante de portões de bronze e pedras, na entrada do novo Burlington Mews. Dentro da grande área do lobby do no. 10 de New Burlington Street, está a escultura Shimmy, de Alison Wilding RA. Shimmy foi feita a partir de 400 tiras individuais de aço inoxidável polido dando o efeito de espelho, e contém 28 esferas de acrílico coloridas presas nas camadas superiores.

Valorização do espaço

O Regent Street Portfolio é fruto de uma política regular de aquisição de obras de arte que valorizam o espaço público e que podem ser exemplos para ruas como Oscar Freire, Gabriel Monteiro da Silva, em SP, além outros pontos de comércio de luxo em todo o Brasil.

Para David Shaw, chefe da Regent Street Portfolio, ligado ao Crown Estate: “Nosso investimento em arte pública e o apoio de novos artistas são fundamentais para tornar a rua um local rico e vibrante. Ao melhorar os espaços públicos com obras de arte para apreciação de todos, estamos garantindo a continuidade e prosperidade destas áreas no presente e para as gerações futuras”.

(Juliana Resende/brpress)

A ÍNTEGRA DESTE CONTEÚDO ESTÁ DISPONÍVEL PARA LICENCIAMENTO. Fale conosco: [email protected]

Juliana Resende

Jornalista, sócia e CCO da brpress, Juliana Resende assina conteúdos para veículos no Brasil e exterior, e atua como produtora. É autora do livro-reportagem Operação Rio – Relatos de Uma Guerra Brasileira e coprodutora do documentário Agora Eu Quero Gritar.

Comentários

Publicar Comentário