Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Angelina Jolie quase chora em entrevista exclusiva à BBC sobre seu novo filmeAngelina Jolie quase chora em entrevista exclusiva à BBC sobre seu novo filme

Angelina Jolie fala sobre novo filme e família

(brpress) - Atriz e diretora diz que fazer um filme sobre tragédia no Camboja sob a ótima de um drama familiar a ajudou a fortalecer sua própria família “neste momento difícil”.

(brpress) – A atriz e diretora Angelina Jolie quebrou o silêncio desde sua separação de Brad Pitt, em setembro de 2016, e falou que sua família “passou por momentos difíceis”, em entrevista exclusiva à BBC sobre seu novo filme,  First They Killed my Father, produzido pelo Netflix. Trata-se de um drama familiar, na visão de uma criança, sobre o regime do Khmer Vermelho, no Camboja, que matou mais de 2 milhões de pessoas. 

Visivelmente emocionada, Jolie disse que o fato de fazer um drama familiar sobre um tema tão árido como o chamado “Holocausto cambojano” contribuiu para fortalecer a si e à sua própria família. “Não quero falar muito sobre isso, mas posso afirmar que passamos por momentos muito difíceis”, diz, referindo-se à separação de Brad Pitt – que, de acordo com revistas de fofocas americanas, está namorando e morando com a atriz Kate Hudson. “Ainda somos uma família e sempre seremos uma família. Espero que mais fortalecida”.  

Atrocidades

O regime comunista do Khmer Vermelho (1975-1979) comandado pelo ditador Pol Pot, cometeu atrocidades assassinando opositores políticos com execuções, trabalho forçado e fome. “Espero estar dando algo de volta a este país tudo que ele me deu. Acho que esse filme é um divisor de águas na minha vida e no meu trabalho”, afirmou Jolie, que espera que os cambojanos estejam preparados para rever um assunto tão duro. Maddox, filho adotivo dela, de 15 anos, é cambojano e participou da produção.   

Madoxx é o primeiro filho de Jolie, que ela adotou sozinha, em 2002, logo após de se separar do ator Billy Bob Thornton e antes de casar com Brad Pitt, depois que ela conheceu o Camboja filmando Tomb Raider, em 2000. Ela voltou ao país como voluntária para o Alto Comissariado para Refugiados das Nações Unidas (ACNUR), do qual é embaixadora. “O mínimo que posso fazer é levantar a minha voz em favor do respeito e da diversidade, usando minha imagem para passar essa mensagem ao público e aos meus filhos”, declarou.  

Paixão

First They Killed my Father é baseado na autobiografia da ativista cambojana de direitos humanos e amiga de Jolie, Loung Ung. A estreia aconteceu na cidade cambojana Siem Reap e ainda não tem data de estreia no Netflix, mas será em 2017. “Esse filme combina minha paixão pelo país, como diretora e meu trabalho humanitário”, define Jolie. 

Perguntada onde se vê em cinco anos, ela diz que “gostaria de estar viajando pelo mundo visitando meus filhos fazendo coisas incríveis e continuando a fazer meu trabalho – fora desse mundinho de Hollywood, ao qual eles não estão confinados – e nem eu”. Desde o ano passado, circulam rumores de que Jolie estaria namorando Johnny Deep. 

Assista ao vídeo em que a atriz e diretora Angelina Jolie fala sobre seu filme First They Killed My Father:

Comentários

Publicar Comentário