Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Rachel Weisz e Sam Claflin em cena de Eu Te MatareiRachel Weisz e Sam Claflin em cena de Eu Te Matarei

Rachel Weisz: viúva fatal

(Londres, brpress) - Em Eu Te Matarei, Querida, do mesmo diretor do cult Um Lugar Chamado Notting Hill, ela vive sua xará do romance dark de Daphne du Maurier, um escândalo para era Vitoriana. Veja trailer.

(Londres, brpress) – Rachel Weisz está arrancando elogios da crítica em cartaz no Reino Unido com o provocador Eu Te Matarei, Querida (My Cousin Rachel), do mesmo diretor do cult Um Lugar Chamado Notting Hill, Roger Michell). Ela vive a viúva sua xará do romance dark de Daphne du Maurier, passado na era Vitoriana mas escrito em 1951. 

Contra todas as expectativas e suspeita de ter assassinado o falecido, Rachel (a personagem) chega da Itália para morar na Inglaterra com  Phillip (Sam Claflin, de Como Eu Era Antes de Você), o desconfiado e impetuoso herdeiro do marido. 

Para quem está desamparada e recém-enviuvada, Rachel se sai melhor que a encomenda e Phillip, não precisa dizer, apaixona-se pela misteriosa mulher cheia de vida – até demais, inclusive e ousadamente vida pessoal, o que na época era sinal de arrogância e fonte de maledicência para qualquer mulher, solteira, casada ou viúva. 

Rachel até topa um affair com Phillip, mas se rebela e recusa casar-se com o jovem obsessivo, literalmente envenenado pela rejeição da ‘prima’ mais velha e mais experiente.  

Ainda não há previsão de estreia desta “love story não convencional”, como define Weisz, no Brasil. Mas já tem trailer legendado em português. Assista: 

https://www.youtube.com/watch?v=c3123i10FDc

Comentários

Publicar Comentário