Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

FOTO - Cena do espetáculo CruelFOTO – Cena do espetáculo Cruel

Colker criticada no Reino Unido

(Londres, brpress) - Novo espetáculo da Cia Deborah Colker, Cruel, apresentado no Barbican Centre, no último final de semana, não conquistou a crítica britânica.

(Londres, brpress) – O novo espetáculo da Cia Deborah Colker, Cruel, apresentado no Barbican Centre, no último final de semana, não conquistou a crítica britânica. O jornal The Observer lembrou que a montagem consumiu dinheiro público que poderia ter sido usado por companhias locais fomentando novos  talentos. O Financial Times ressaltou bons momentos, com facas em cena, mas acha que a coreógrafa carioca – que trabalha com o Cirque Du Soleil – é “superficial” na abordagem da rejeição, tema explorado em Cruel.

 “Atlética e com passos inspirados na capoeira, a coreografia lembra vagamente os trabalhos de Pina Bausch, pelo aspecto teatral, mas isso não é ‘cruel’ o bastante”, escreve Gerald Dowler, do Financial Times.
“A produção é pesadamente promovida pelo Dance Consorcium, que recebe mais de 500 mil libras de contribuintes britânicos e fica claro, pela falta de inovações de Cruel, que Colker é o cavalo errado para se apostar”, diz Luke Jennings, no Observer do último domingo (04/07). 

Cadastre-se para comentar e ganhe 6 dias de acesso grátis!
CADASTRAR

Comente agora