Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Derrota da Seleção

(São Paulo, brpress) - Mais significativo do que isso foi a forma como o Brasil perdeu em Paris. E a possibilidade que nos foi oferecida para reflexão. Por Márcio Bernardes.

Márcio Bernardes*/Especial para brpress

(São Paulo, brpress) – O dólar não subiu, nem desceu. Não aconteceu nada com o real e o euro. E a vitória da França sobre o Brasil vai ficar muito mais à estatística do futebol. Foi apenas um amistoso.

Para os torcedores, no entanto, a seleção perder é indigestão na certa. Nosso principal símbolo cultural parece que existe para ganhar sempre. Isso faz parte da nossa criação e educação.

   Mais significativo do que isso foi a forma como o Brasil perdeu em Paris. E a possibilidade que nos foi oferecida para reflexão. O time, até a expulsão de Hernanes, vinha jogando bem. Nada excepcional, mas estava bem. Com a justa exclusão do ex-são-paulino, os jogadores entraram em parafuso.

   Mano Menezes também deu a impressão de ter sido atingido por um direto de direita. Fez duas alterações absurdas após os 40 minutos do segundo tempo. Ofereceu pouquíssimo tempo para Huck e André fazerem alguma coisa.

   É leviano qualquer análise conclusiva. Mas Mano precisa saber que ninguém se mantém nesse delicado cargo de técnico da seleção sem obter resultados. Mesmo que o dólar não suba, nem desça.
 
  A Copa América pode ser o teste decisivo.
 
Esperança
 
   Rivaldo estreou. Lucas, Lucas Gaúcho, Henrique, Casemiro e William José estão voltando da seleçãozinha que está no Peru.

   A torcida do São Paulo sonha acordada. Sonhar é possível. Realidade é outra coisa.

   O atrito entre Dagoberto e Carpegiani deturpou o ambiente. E quem está por dentro sabe que os protagonistas nem se olham mais.

   A contusão do meia em Ribeirão Preto (SP) levantou suspeitas e suscitou dúvidas se houve ou não corpo mole.
  
É hora de aparecer alguém com bom senso e por um ponto final nisso.
 
Redução nos investimentos
 
   O Ministro da Fazenda reduziu em R$ 50 bilhões as despesas federais no ano de 2011. Ainda não foi divulgado o que será excluído de obras que beneficiariam a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

BAMBAMBÃ
Boa sorte, Kubica

Robert Kubica assustou os amantes da F-1 no último domingo (06/02). O piloto polonês sofreu um grave acidente numa prova de rali na Itália e ficará cerca de um ano afastado.
Agressivo, competente e muito técnico, Kubica vai fazer falta na categoria. Boa sorte para ele na recuperação. E para Bruno Senna, reserva imediato na Lotus-Renault.

BUMBUMBUM
Desculpas de Celso Roth

O Inter-RS tem um elenco de dar inveja. Mas no último fim de semana perdeu para o pequeno Veranópolis, pelo Gauchão. E o técnico Celso Roth culpou a ausência de reforços.
Esse treinador está de brincadeira. Com a estrutura que o Colorado tem, falar uma coisa dessas é um crime. Arrumar desculpas assim, é uma tremenda bobagem.

(*) Márcio Bernardes é âncora da Rede Transamérica de Rádio, professor universitário e colunista da brpress. Fale com ele pelo e-mail [email protected] Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. , pelo Blog do Leitor ou pelo Twitter @brpress.

Márcio Bernardes

Comentarista veterano de esportes, com diversas Copas e Olimpíadas no currículo, Márcio Bernardes é âncora da Rede Transamérica de Rádio e sua coluna foi licenciada pela brpress ao Yahoo Brasil.

Comentários

Publicar Comentário