Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Laurie Anderson: diretora convidada do Brighton Festival 2016. Foto: Divulgação LollabelleLaurie Anderson: diretora convidada do Brighton Festival 2016. Foto: Divulgação Lollabelle

Laurie Anderson: Bahia a Brighton

(brpress) - De uma praia baiana, artista visual e musical conta o que planeja como diretora convidada do Brighton Festival, incluindo concerto para cães e instalação com guitarras de Lou Reed.

(brpress) – Laurie Anderson, com quem estivemos no 59o. BFI London Film Festival (LFF), em outubro de 2015, onde ela exibiu seu novo filme, Coração de Cachorro (Heart of a Dog, 2015), está na Bahia. Pelo menos, foi de lá que ela deu entrevista ao jornal The Guardian, publicada em 27/03, na qual informa ser “a única hóspede numa colônia para artistas”. Laurie acha que “deve ser por causa do zica vírus” e elogia a praia (não identificada): “É extremamente bonita”.  

    Embora sem apresentações confirmadas no Brasil, a artista foi escolhida como diretora convidada da 50a. edição do Brighton Festival, que acontece de 07 a 29 de maio, no balneário inglês. Lá, Laurie pretende apresentar um novo trabalho ainda não revelado – provavelmente pinturas em telas gigantes –, além de realizar seu já tradicional concerto para cachorros. Sim, Laurie já fez alguns concertos para cães e o mais recente deles foi na Times Square, em Nova York, em janeiro deste ano. “Jurei que não ia fazer mais um desses, pois o risco de ficar conhecida como A Artista que Faz Concertos para Cachorros era grande e agora eu me tornei essa pessoa”.  

    Os concertos para cães, segundo Laurie explicou a uma plateia atônita num bate-papo após sessão de Coração de Cachorro, no LFF, “são uma oportunidade de socializar cachorros e seus donos – e também veterinários (havia um bocado deles na plateia) por meio da música”, Em NY, ela exibiu três minutos de Coração de Cachorro  – no qual sua cachorrinha, a terrier Lollabelle, já falecida, é a estrela –editados com música em baixa frequência. “Em Sidney (Austrália), foi o primeiro deles. Os cães uivaram e latiram por cinco minutos – foi lindo!”, lembrou.

    A edição histórica do festival de Brighton terá como tema “home and place” (“casa e lugar”), numa alusão ao imenso fluxo de refugiados de guerras rumo à Europa, mas também sendo “especialmente relevante com tanta gente em movimento no mundo, procurando, como todos nós, por um lugar ao qual pertencer”, ressalta Laurie.

Lou Reed Drones

   Ao Guardian, a artista visual e musical adiantou que, em Brighton, vai fazer um evento com guitarras e amplificadores de Lou Reed. Será a première britânica de Lou Reed Drones. Trata-se de uma instalação com equipamentos originais de seu ex-marido e que, com John Cale, forjou as bases do que viria a ser chamado de noise rock ou industrial com o álbum Metal Machine Music (1975). As guitarras serão “tocadas” por cones atraídos magneticamente às cordas, resultando numa colisão de sons e frequências visceral,  que promete uma experiência emocional e espiritual.

    Lou Reed Drones acontece de 13 a 17 de maio, das 12h às 17h, no The Spire, na St. Mark’s Chapel, com entrada franca.

Leia a reportagem com Laurie Anderson falando sobre Coração de Cachorro, que a editora da brpress, Juliana Resende, assina para Rolling Stone Brasil.

Leia também sobre o bate-papo de Laurie Anderson com Brian Eno no 59o. BFI London Film Festival (LFF) aqui.

Ouça entrevista da Laurie Anderson no programa Radio 2 Arts Show With Jonathan Ross (em inglês).

Juliana Resende

Jornalista, sócia e CCO da brpress, Juliana Resende assina conteúdos para veículos no Brasil e exterior, e atua como produtora. É autora do livro-reportagem Operação Rio – Relatos de Uma Guerra Brasileira e coprodutora do documentário Agora Eu Quero Gritar.