Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Eram três reis magos?

(Londres, brpress) - Bíblia não descreve quantos eram nem diz que eram reis e, muito menos, magos, já que a Igreja tende a rechaçar toda forma de magia e feitiçaria. Por Isaac Bigio.

Isaac Bigio*/Especial para brpress

(Londres, brpress) – O dia 6 de janeiro é uma data importante para a maior religião de todos os tempos. Para a primeira igreja nacional cristã (a da Armênia) esse é o dia do nascimento de Jesus, pois esta considera que o 25 de dezembro foi imposto por Roma, porque ali, antes, este dia era um feriado que comemorava o nascimento de um deus solar popular Mitras.

    Para os católicos, este é o dia em que os sábios foram visitar o Menino Jesus. A Bíblia não descreve quantos eram nem diz que eram reis e, muito menos, magos, já que a Igreja tende a rechaçar toda forma de magia e feitiçaria.

Antiguidade

    A Bíblia falava dos “magis”, palavra que se usava para designar a sexta tribo meda ou a casta sacerdotal da religião do persa Zoroastro, que viveu 6 a 18 séculos antes de Cristo e forjou o primeiro monoteísmo que chegou a dominar o mundo antigo.

    Ahura Mazda era um deus supremo, o qual foi adorado pelos impérios persas que dominaram as principais civilizações humanas, entre 3 e 5 séculos antes de Cristo, e, em seguida, o Irã e o Iraque, até a conquista muçulmana do século VII d.C..

    Ahura Mazda, que significa “luz da sabedoria”, se enfrentava com um diabólico Angra Mainyu, o qual apenas podia derrotar com a ajuda dos humanos bons. Ele teve um filho, Mitras, que adquiriu forma humana, nasceu de um ventre virgem e ressuscitou.

Transformação

    Com o tempo, a palavra “magi” foi mal traduzida para “mago”, e o título de “reis” foi acrescentado para dar força  à propaganda messiânica de Jesus. A Bíblia fala de três presentes que eles deram ao filho de Maria: ouro, incenso e mirra, três obséquios que, dois séculos e meio atrás, um rei persa havia oferecido a Apolo e que simbolizavam, respectivamente, reinado e virtude; divindade e  oração; mortandade e sofrimento.

    Enquanto os armênios falam de 12 “magis”, nos séculos V e VI Roma disse que eram trê reis magos os quais batizou de Gaspar, Melquior e Baltazar, fazendo com que representassem três regiões e raças diferentes.

Efeito Papai Noel

    Antigamente se venerava mais o dia 6 de janeiro, quando costumava-se dar presentes (como os que Jesus recebeu). Mas com o tempo, o Papai Noel norte-americano foi substituindo-os neste papel.

    Ainda hoje, na Espanha e em várias de suas ex-colônias (do México à Argentina), se celebra esta festividade – no Brasil, o Dia de Reis também é celebrado em cidades do interior com forte tradição histórica. Curiosamente, em Lima, este costume foi se dissipando, apesar de esta cidade ter sido fundada em janeiro de 1535 como a “cidade dos reis”, devido à proximidade com o dia dos reis magos.

(*) Isaac Bigio vive em Londres e é pós-graduado em História e Política Econômica, Ensino Político e Administração Pública na América Latina pela London School of Economics. É um dos analistas políticos latino-americanos mais publicados do mundo. Fale com ele pelo e-mail [email protected] , pelo Twitter @brpress e/ou no Facebook. Tradução: Angélica Campos/brpress.

Isaac Bigio

Isaac Bigio vive em Londres e é pós-graduado em História e Política Econômica, Ensino Político e Administração Pública na América Latina pela London School of Economics . Tradução de Angélica Campos/brpress.