Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Testes com profilaxia pré-exposição (PrEP) injetável devem assegurar funcione tão bem quanto método oral. Foto: NIAIDTestes com profilaxia pré-exposição (PrEP) injetável devem assegurar funcione tão bem quanto método oral. Foto: NIAID

Pesquisadores brasileiros testam PrEP injetável

(brpress) - Tomar uma injeção de um medicamento antirretroviral a cada dois meses pode ser uma forma eficaz de impedir o contágio pelo vírus da Aids.

(brpress) – Uma boa notícia neste Dia Nacional da Saúde (05 de agosto). Tomar uma injeção de um medicamento antirretroviral a cada dois meses pode ser uma forma eficaz de impedir o contágio por HIV. A resposta definitiva virá em dois anos, quando os testes de antirretrovirais injetáveis estarão concluídos. É o que esperam pesquisadores brasileiros, que investigam esta possibilidade com cientistas de outros seis países.

O estudo realizado pela HIV Prevention Trials Network, uma rede de pesquisa mantida pelos Institutos Nacionais de Saúde, agência do governo americano dedicada a estudos médicos, avalia se esse tipo de profilaxia pré-exposição (PrEP) funciona tão bem quanto o outro método disponível atualmente, Este método é considerado uma revolução no combate ao HIV por oferecer uma forma inédita de prevenção com um medicamento e não só com preservativos.

A PrEP oral foi aprovada pela Food and Drugs Administration (FDA), a agência do governo americano equivalente à brasileira Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em 2012. Na Inglaterra, está sendo amplamente difundida e discutida. Desde o fim de 2017, é oferecida no Brasil gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para grupos considerados mais vulneráveis ao HIV, como homens gays e bissexuais, mulheres transexuais, profissionais do sexo e pessoas em um relacionamento com alguém que tenha o vírus.

Comentários