Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Human Rights Watch sugere que Bolsonaro se responsabilize em vez de acusar

(brpress) - Para a ONG internacional, presidente deve "tomar medidas urgentes" e não "escamotear sua própria falência na busca de soluções para essa crise ambiental e de direitos humanos".

(brpress) – Em live essa semana, Bolsonaro disse que não consegue “matar esse câncer”, referindo-se às ONGs que defendem a Amazônia – onde Gisele Bündchen plantou 40 mil árvores. Ele também descreditou denúncias baseadas em dados reais e públicos que indicam enorme aumento de queimadas e do desmatamento na região durante o seu governom e acusou ribeirinhos e indígenas pelas queimadas.

 Para a ONG internacional Human Rights Watch, “em vez de acusá-los, com o intuito de escamotear a sua própria falência na busca de soluções para essa crise ambiental e de direitos humanos, o presidente do Brasil deveria tomar medidas urgentes para desmantelar as redes criminosas, responsabilizá-las pelas infrações ambientais, e proteger este patrimônio público que pertence a todos os brasileiros”.

 Assinamos embaixo e fazemos nossas palavras o que diz o diretor Belisário Franca: “A floresta em pé vale muito mais do que deitada.” 

Foto: Bolsonaro diz que não consegue ‘matar esse câncer’, referindo-se às ONGs que defendem Amazônia. Vinícius Mendonça/Ibama