Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Pitti Uomo abre calendário 2023 da moda masculina. Foto: Future MaschilePitti Uomo abre calendário 2023 da moda masculina. Foto: Future Maschile

Moda masculina abre 2023 com Martine Rose na Pitti Uomo

Desfile da estilista anglo-jamaicanacaconteceu numa locação que é a sua cara: na Piazza del Mercato Nuovo, tipo um “camelódromo” de Florença. Por Andrea Kirst

(Londres, brpress) – A moda está tendo uma semana agitada, sinalizando como será 2023. O ano do setor começou oficialmente em 10 de janeiro com a Pitti Uomo – uma feira de eventos de moda masculina incluindo showrooms e desfiles em Florença, que atrai compradores e imprensa do mundo todo. Este ano, a Pitti Uomo trouxe a designer anglo-jamaicana Martine Rose como convidada para apresentar sua coleção Inverno 23-24.

Ser “guest designer” na Pitti é uma honra dada a novos estilistas que têm atraído a atenção da mídia e do mercado. Martine Rose se inspira no dia-a-dia e aparente na moda fora de moda de personagens tão improváveis como o líder trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, A Pitti é uma grande plataforma comercial para os mesmos. Em 2014, a honra foi da brasileira Barbara Casasola, que encantou com uma coleção clean, moderna, sofisticada mas também sedutora e glamourosa. 

Desfile de Martine Rose, na Pitti Uomo 2023. Foto: Pitti Uomo
Desfile de Martine Rose, na Pitti Uomo 2023. Foto: Pitti Uomo
Hi-Lo no “camelódromo’

Martine Rose, que é inspirada por sua herança cultural e seu profundo interesse e envolvimento pessoal na música e nas culturas High-Low do caldeirão londrino, está longe de ser uma iniciante. Sua marca homônima  foi lançada em 2007, e seu nome tem sido relevante desde que Demna Gvesalia a chamou para ser consultora na Balenciaga.

Alguns fashionistas consideram Martine Rose uma das principais influências da nova estética da moda. 

O desfile na Piti Uomo aconteceu numa locação que é a cara de Rose: na Piazza del Mercato Nuovo, uma espécie de “camelódromo” de Florença, subvertendo o chique em que onde em que  o “made in china” prevalece. A coleção teve looks que confrontam o gênero – perfeitos para o casting andrógino e sua alfaiataria de vanguarda. 

Touché para ela, chacoalhando e trazendo modernidade o centro da tradicionalíssima Florença.

(Andrea Kirst, especial para brpress)

#brpressconteudo #pittiuomo #martinerose #modamasculina

Andrea Kirst

Especializada em Jornalismo Criativo pela New School For Social Research (NY) e Design Experimental de Moda pela Central Saint Martins, em Londres, onde mora há 10 anos, trabalhou na indústria da moda e colabora com a brpress.

Comentários

Publicar Comentário