Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Artistas do projeto Nivea Viva Rock: encontro de gerações numa antologia em forma de show. Foto: Leo Aversa/DivulgaçãoArtistas do projeto Nivea Viva Rock: encontro de gerações numa antologia em forma de show. Foto: Leo Aversa/Divulgação

Esse tal de roque enrow

(São Paulo, brpress) - Quinto show do projeto Nivea Viva homenageia o rock nacional, que faz 60 anos em 2016, reunindo Liminha, Monique Gardenberg, Paralamas, Nando Reis, Paula Toller e Pitty.

(São Paulo, brpress) – Esse tal de rock’n’roll. O quinto show da plataforma Nivea Viva homenageia o rock nacional, que completa 60 anos em 2016. O projeto promete, dada a extensa ficha corrida se serviços musicais prestados de cada um dos participantes.

A direção artística é do produtor Liminha, dos principais da história do rock brasileiro, responsável por grande parte dos discos lançados pelos grupos e cantores da geração revelada ao longo da década de 1980, e de Monique Gardenberg, criadora do saudoso Free Jazz Festival. Quatro representantes do rock brasileiro – o cantor paulistano Nando Reis, o trio Os Paralamas do Sucesso, a cantora carioca Paula Toller e a artista baiana Pitty – vão apresentar uma antologia do gênero num show inédito e exclusivo.

    A pré-estreia, apenas para convidados, acontece nesta terça (15/03), na casa Vivo Rio, no Rio de Janeiro (RJ). Na sequência, entre abril e junho, o show faz turnê por sete capitais do país – Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Brasília (DF) e São Paulo (SP) – em apresentações gratuitas, ao ar livre.
 
    “Ao completarmos cinco anos de projeto vamos apresentar um tributo a um gênero enraizado na cultura do país. O rock brasileiro é único e autêntico, capaz de transitar facilmente entre diferentes gerações”, completa Tatiana Ponce, diretora de Marketing da Nivea Brasil.

Só pra lembrar

    Liminha foi baixista de uma das formações do grupo Os Mutantes, banda formada há exatos 50 anos, em 1966, e que começou a dar uma cara brasileira ao rock, na sequência do estouro de Roberto Carlos com o sucesso Quero que Vá Tudo pro Inferno, em 1965, ano da criação e da explosão da Jovem Guarda, o primeiro movimento pop no país.
 
    O show vai abordar todas as fases e faces do rock brasileiro, com ênfase no caráter genuinamente nacional adquirido ao longo desses 60 anos, sobretudo a partir do surgimento dos Mutantes e da consolidação das trajetórias individuais de Raul Seixas (1945–1989) e Rita Lee.

    Desbravado por Raul e Rita, o rock brasileiro alcançou ápice de popularidade e auge artístico nos anos 1980, mais precisamente a partir do  verão de 1982, quando o estouro da banda carioca Blitz abriu definitivamente as portas da indústria da música para o rock produzido no Brasil com identidade nacional.
 
    “Vamos apresentar uma antologia do rock brasileiro, dos primórdios até hoje. O roteiro do show  emociona, porque nos remete a diversas épocas e movimentos musicais, além de ser um hit parade delicioso”, conceitua Monique Gardenberg. Quando se refere aos primórdios, a diretora alude à pré-história do gênero, na segunda metade dos anos 1950.

    Em 1956, estreou o filme Rock Around the Clock, com Bill Halley (1925–1981). O tema-título do filme foi ouvido no Brasil naquele ano de 1956 na grave voz de contralto de uma cantora até então associada ao samba-canção das esfumaçadas boates da época, Nora Ney (1922–2003). Gravada e lançada por Nora no fim de 1955, tornou-se a primeira gravação de rock do Brasil, como o (horrível) título em português de Ronda das Horas.
 
Outras mulheres

    Monique Gardenberg justifica as escolhas femininas das duas gerações do rock nacional para o Nivea Viva: ”Paula é a figura cool do rock, mesmo sendo ilustre representante da corrente mais pop” e “Pitty descende da linhagem nobre de Baby do Brasil, não só pela presença mas pela atitude na vida e no palco”.

Confira a agenda Nivea Viva Rock Brasil:
 
15/03 – Avant Première – Rio de Janeiro
03/04 – Porto Alegre
10/04 – Rio de Janeiro
30/04 – Recife
15/05 – Fortaleza
22/05 – Salvador
05/06 – Brasília
26/06 – São Paulo
 
Os shows são todos gratuitos.