Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

The Playboys em show no Rock na Tamarineira: quebrando preconceitos.João Z/DivulgaçãoThe Playboys em show no Rock na Tamarineira: quebrando preconceitos.João Z/Divulgação

Hospício é palco de festival

(Recife, brpress) - Há oito anos é realizado no Hospital Psiquiátrico Ulisses Pernambucano o projeto Rock na Tamarineira, que apresenta shows para internos como ferramenta de ressocialização. Por Jarmeson de Lima.

(Recife, brpress) – Procurando atrair a atenção das pessoas do lado de fora a enxergar por outro ângulo as instituições psiquiátricas e atenuar o preconceito com seus internos, o projeto Rock na Tamarineira – nome do bairro onde está localizado o Hospital Ulysses Pernambucano – já dura oito anos, incluindo a edição que acontece nesta quinta e sexta (17 e 18/12).

O evento, considerado pela vizinhança e pelos artistas que lá se apresentam como inusitado e curioso, é tido como uma ajuda importante no tratamento dos internos para especialistas. “A doença mental faz com que os pacientes se afastem do lazer e do convívio com os parentes. Os shows procuram resgatar o convívio social”, explica a médica psiquiatra Elizabete Rocha. Em três dias, bandas de rock e de outros gêneros tocam ao vivo num palco montado no jardim da instituição, para uma plateia composta por gente muito especial, que interage com o som e participa, cada qual a seu modo.

O Rock na Tamarineira tem um clima de alto astral, procurando brincar com a vinda dos visitantes ao local sem medo de socializar com os pacientes. A ideia do projeto partiu da irreverente banda The Playboys, que, brincando com punk e outros ritmos com instrumentos de brinquedo, pensou que, de alguma forma, sua performance poderia combinar com o local.

“Como temos parentes com transtornos mentais e não tínhamos espaço para tocar na cidade, resolvemos criar esse evento para chamar a atenção”, conta o vocalista da Playboys, João Neto. “Além disso, também queríamos quebrar preconceitos e estigmas relacionados à loucura – aquela visão que trata os pacientes como violentos e anti-sociais”, complementa.

Anjos e demônios

João Neto toca com sua banda no Rock na Tamarineira desde a primeira edição. Na programação do festival deste ano, estão grupos novatos como Anjo Gabriel e outros mais consagrados como a banda Eddie e Grilowsky.

Mas o festival, que tem rock no nome, deixou de ter exclusivamente grupos com este gênero musical. Entre os grupos convidados tem até um representante de um dos estilos mais apreciados pela população da periferia local que é Conde & Banda Só Brega, a pedido dos próprios pacientes.

A entrada para os shows é gratuita e pede-se que os visitantes levem suas doações de roupas e calçados para os pacientes.

(Jarmeson de Lima/Especial para brpress) Hospital Ulisses Pernambucano – AV. Conselheiro Rosa e Silva, 2130

Comentários

Publicar Comentário