Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Robert SmithRobert Smith

Robert Smith é curador do Meltdown

(Londres, brpress) - Vocalista-alma do Cure ficou tão animado por capitanear o mais antigo festival de música feito por músicos da Inglaterra, que vai compor novo material.

(Londres, brpress) – Começou a temporada dos festivais de verão na Europa. E como foi o Reino Unido que lançou essa moda e concentra a maioria deles, nada melhor que chamar um vocalista-alma de uma banda veterana dos anos 80 – década que eles começaram a ganhar corpo – para ser o curador do  tradicional Meltdown, o mais antigo festival de música feito por músicos da Inglaterra, que completa 25 anos, em junho: Robert Smith, do The Cure. 

 De 15 a 24/06, Robert Smith vai mostrar como encarou a  responsabilidade  de ser curador de um evento que já tenha artistas como John Peel, David Bowie, Nick Cave, Patti Smith, Yoko Ono e David Byrne, ao longo de sua história (a cantora M.I.A assumiu o cargo em 2017). Quatro cultuadas bandas anunciadas na extensa programação deste ano, que tem uma versão estendida do festival, chamam atenção: Psychodelic Furs, Placebo, The Libertines e Manic Street Preachers (todos os shows também com ingressos esgotados). Entre os novos nomes anunciados, o destaque vai para Emma Ruth Rundle, cantora, compositora e guitarrista americana cujo som melancólico lembra levemente o do Cocteau Twins, grupo contemporâneo do Cure. 

Acesse o site do Meltdown para mais informações.

Veja vídeo do festival: