Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Jamie Oliver: unindo música e comida pelo social, no Big Feastival. Foto: Divulgação/celebitchy.comJamie Oliver: unindo música e comida pelo social, no Big Feastival. Foto: Divulgação/celebitchy.com

Festival une Oliver e baixista do Blur

Chef Jamie Oliver realiza primeira edição do Big Feastival, e parceria com o baixista da banda, Alex James.

(Londres, brpress) – O chef Jamie Oliver vai testar uma nova receita neste final de semana: um festival que une música e comida. O Big Feastival – um trocadilho com a palavra “feast” (banquete, em inglês) e festival – acontece neste sábado e domingo (01 e 02/09),  em Oxfordshire.

    É a primeira edição do Big Feastival, que Jamie Oliver realiza com o baixista do Blur, Alex James.  A ideia é unir comida e música,  num final de semana no aprazível campo inglês. Entre os artistas que se apresentam estão Paloma Faith, Noizettes, Guillemots e Razorlight. Não, a banda de Jamie Oliver, Scarlet Division,  não vai tocar. 

    Oliver é baterista do Scarlet Division, que formou aos 13 anos, com amigos de escola, e está meio escostado depois de um período promissor no início dos anos 2000. Curiosamemte, alcançou o status de popstar não com a música mas com o estilo rock n’roll de seu maior talento: cozinhar sem frescura.

Popstar

    O Big Feastivall é  um evento de entretenimento para adultos, jovens e crianças e serve também para divulgar e arrecadar recursos para os projetos sociais tendo a comida/alimentação como ponto de contato que Jamie Oliver desenvolve, sob o guarda-chuva da fundação Better Food.
   
    Entre esses projetos estão o restaurante Fifteen, destinado a dar oportunidade de treinamento e carreira na gastronomia a jovens desempregados, em situação de risco, o Jamie’s Ministry of Food, ações do chef junto ao governo britânico para melhorar a mereanda escolar das crianças e, por fim, o programa Jamie’s Kitchen Garden Project, para ensinar culinária básica na escola num programa de educação alimrntar.

União à mesa

    “A comida é um grande motivo para unir as pessoas”, afirma Jamie Oliver, num encontro com a impresa – incluindo  a agência brpress –, durante um bate-papo com o chef no festival cultural London 2012, paralelo aos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Londres, este mês, na capital britânica.
 
    Falou-se um bocado sobre o Brasil e Jamie deu seu recado: “Quero cozinhar no Brasil! Ou melhor: quero cozinhar durante a Copa e as Olimpíadas no Brasil!”. Deu vontade de devolver: “A gente também quer no Feastival!”. Ambos os convites foram aceitos.

(Juliana Resende/brpress)

*brpressconteudo #jamieoliver #london2012 #blur

Juliana Resende

Jornalista, sócia e CCO da brpress, Juliana Resende assina conteúdos para veículos no Brasil e exterior, e atua como produtora. É autora do livro-reportagem Operação Rio – Relatos de Uma Guerra Brasileira e coprodutora do documentário Agora Eu Quero Gritar.

Comentários

Publicar Comentário