Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Mary Rose BurkeMary Rose Burke

Brexit aguça apetite irlandês

(São Paulo, brpress) - Diretora da Câmara de Comércio de Dublin, Mary Rose Burke, diz que empresariado está otimista com permanência da fronteira aberta da Irlanda com Irlanda do Norte.

(São Paulo, brpress) – A Irlanda é um país onde as mulheres estão cada vez mais no topo, seja na política seja nos negócios. Um exemplo rápido são as “três Marias”: as presidentes consecutivas Mary Robinson (1990-1997) e Mary McAleese (1997-2011), e a diretora da Câmara de Comércio de Dublin, Mary Rose Burke. As duas primeiras já vieram ao Brasil e a terceira chegou esta semana. Mary Rose foi uma das palestrantes do evento POW3R – Mulheres na tecnologia, negócios e política, que aconteceu nesta terça (12/12), no Museu da Imagem e do Som (MIS), das 14h às 19h. 

Mary Rose Burke já esteve na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) para estreitar intercâmbios e disse à brpress que está ávida por conhecer mulheres em posições de liderança no Brasil. No país, as mulheres ganham cerca de 30% a menos que os homens, mesmo quando desempenham a mesma função. Cargos de chefia e liderança são mais ocupados por homens.  A média masculina de rendimento no Brasil é de R$ 2.012, a feminina é de R$ 1.522, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). 

Vulnerabilidade

Segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o desemprego atinge mais as mulheres que os homens. Após se recuperar de uma das piores crises de sua história recente, que teve o ápice em 2010, a Irlanda se encontrou encurralada em meio às negociações do Brexit – a saída da União Europeia do Reino Unido, do qual é parte a Irlanda do Norte, país com que faz a única fronteira do bloco europeu. 

Mas com as garantias de que não haverá a volta da fronteira física entre Irlanda e Irlanda do Norte (a passagem entre os países é livre e só muda o sinal das operadoras de celular, além das placas (escritas somente em inglês na Irlanda do Norte), a comunidade de negócios de ambos os lados comemora. A Dublin Chamber é um termômetro de como o resultado positivo desta negociação abriu o apetite da Irlanda por negócios, sempre tendo a inclusão de mulheres como meta.

“É com grande otimismo que vemos as garantias da não fronteira física de ambos os lados”,  diz Mary Rose Burke. “As empresas estão mais confiantes e estamos sentido que a Irlanda pode criar oportunidades com o Brexit”. Um dos indícios é que, só em 2017, Dublin recebeu 10 missões comerciais da China. “Em 2016 foram apenas duas”, contabiliza Burke. Agora, a Câmara e seus mais de 1.300 associados está ansiosa para saber como a fronteira aberta irá funcionar na prática. 

Leia mais sobre participantes do Pow3r aqui e aqui

(Juliana Resende/brpress)

#brpressconteudo #mulheresnaciencia #mulheresnatecnologia #mulheresnaciência #mulheresnapolitica #irlanda #pow3r #SiliconRepublic #maryroseburke