Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Rafael Pires (dir.)Rafael Pires (dir.)

Recorde brasileiro de crowdequity

São Paulo, brpressoffice) - Menos de uma semana após o sucesso do primeiro Meetups 2 Change de 2018, Frederico Rizzo, CEO do Kria, fala novamente sobre crowdfunding equity no seminário Empreendendo na Nova Economia, da FGV, em 04/04.

(São Paulo, brpress) – Menos de uma semana após o sucesso do primeiro Meetups 2 Change de 2018, realizado por Rafael Pires (dir.), na Oxigênio Aceleradora, em 29/03, um dos convidados, Frederico Rizzo (esq.), CEO do Kria, fala novamente sobre crowdfunding equity no seminário Empreendendo na Nova Economia, da FGV, em 04/04. 

O Kria, plataforma pioneira no Brasil para investimentos em startups, a partir de R$ 500, da qual também é cliente, bateu um novo recorde brasileiro de tempo e arrecadação: R$ 1 milhão em 15 horas, na terceira rodada de captação aberta ao público, em março – que também teve a corretora de bitcoins Foxbit entre investidores. 

Devido ao potencial de retorno em investimentos em negócios de impacto social – ênfase do Kria –, Rizzo lotou a plateia do Meetups 2 Change, cuja próxima edição acontece em 24/05.  Lançado em outubro de 2014 com o nome de Broota, o Kria já captou mais de R$ 16 mi para 50 empresas – sendo 10 voltadas para negócios de impacto social. O valor de captação por empresa variou de  R$100 mil a R$ 1.5 milhões. 

“Em menos de quatro anos de operação, oferecemos três oportunidades de liquidez para todos os investidores, esta última com retorno de 37% ao ano para quem entrou na primeira rodada”, afirma o CEO do Kria.

Mais sobre o Kria

O Kria (antigo Broota) foi pioneiro em equity crowdfunding ao fazer, para si próprio, a primeira captação de investimento pela internet no país, em 2014. Desde então, lidera este mercado em crescimento.

Em julho de 2017, a CVM aprovou uma das melhores regulações de crowdfunding do mundo, o que triplicou a procura de empreendedores pelo serviço de captação online. Com uma nova regulação e um mercado global em expansão – em 2017, cinco países captaram U$5,8bi via crowdfunding de investimento – o Kria atraiu o interesse do fundo Leblon Equities, que adquiriu 10% da empresa em uma oferta secundária e liderou a terceira rodada de captação da empresa

Após captar R$ 650 mil em duas ofertas públicas (2014 e 2015), o Kria iniciou sua terceira rodada de captação, desta vez buscando R$ 2,75 milhões em troca de ações preferenciais representativas de 22% da empresa. Deste total, R$ 1,75 milhões já foram captados com cinco investidores estratégicos e, em março, foi aberta a oferta pública de R$1milhão para qualquer pessoa participar e se tornar sócio, a partir de R$ 500,00. 

(Juliana Resende/brpress) 

Leia mais sobre o Meetups 2 Change aqui

Juliana Resende

Jornalista, sócia e CCO da brpress, Juliana Resende assina conteúdos para veículos no Brasil e exterior, e atua como produtora. É autora do livro-reportagem Operação Rio – Relatos de Uma Guerra Brasileira e coprodutora do documentário Agora Eu Quero Gritar.