Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Vitória Nabas fala no maior seminário grátis em língua espanhola sobre legislação britânica na área de imigração. Foto: DivulgaçãoVitória Nabas fala no maior seminário grátis em língua espanhola sobre legislação britânica na área de imigração. Foto: Divulgação

Advogada brasileira explica implicações do Brexit a cidadãos europeus e não britânicos

(Londres, brpress) - Com a saída do país da União Europeia, Vitória Nabas adverte a todos cidadãos não britânicos com nacionalidade europeia a legalizar residência e trabalho no país. 

(Londres, brpress) – A Nabas International Lawyers, firma de advocacia fundada e dirigida pela advogada brasileira Vitória Nabas, baseada em Londres e operando também no Brasil, Colômbia, Portugal, Itália, Espanha, Rússia e EUA, sendo uma referência a brasileiros vivendo e fazendo negócios no Reino Unido e Europa, promove o maior seminário grátis em língua espanhola sobre legislação britânica na área de imigração. O objetivo é esclarecer dúvidas da cidadãos não britânicos com cidania europeia vivendo no Reino Unido sobre as implicações legais da saída da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte da União Europeia – conforme resultado do referendo realizado no Reino Unido na última quinta-feira (23/06). 

O evento “Taller Sobre las Nuevas Leyes de Migración en el Reino Unido” acontece no domingo (26/06), das 14h às 17h, na School of Oriental and African Studies (SOAS), da University of London. A iniciativa é uma parceria da Nabas International Lawyers com o Movimiento Ecuador en el Reino Unido (MERU).

Serão quatro os temas abordados: Brexit  e implicações para os cidadãos europeus se o Reino Unido se separar da União Europeia; Mecanismos e requisitos para trazer legalmente membros da família de cidadãos europeus ao Reino Unido; Residência temporária e definitiva de europeus que trabalham no Reino Unido, incluindo opção de obter passaporte britânico; Regulações  sobre cuidados e segurança pessoal de crianças e menores de idade, por que estes não podem ser deixados desacompanhados de adultos responsáveis no Reino Unido.

Imigração: questão-chave

A imigração é uma questão-chave no referendo apelidado de Brexit, porque parcelas significativas da população britânica acreditam que as leis da União Europeia neste quesito são demasiadamente flexíveis, impedindo maior controle de quem entra para ficar – e usufruir de todos os fundos públicos, como saúde,  auxílio-moradia e seguro-desemprego. Para brasileiros que vivem e trabalham no Reino Unido com cidadania europeia, a situação é a mesma. 

“A única certeza é que europeus e cidadãos de outros países com nacionalidade europeia devem ter legalizada toda a documentação referente à residência e trabalho no Reino Unido, como o pagamento de impostos no país – ainda mais agora com a saída do país da EU. Com a vitória do Sim, haverá dois anos para adequação à nova legislação, principalmente no que tange a imigração”, informa a advogada.

Casamento

Em entrevista  à BBC BrasilVitória Nabas ressaltou outra preocupação para brasileiros: como os novos acordos podem afetar aqueles que se casarem com europeus. Segundo ela, o acordo já negociado – que valerá também no caso da saída do Reino Unido da União Europeia – prevê que o não europeu (brasileiro, por exemplo) que se casar com europeu não terá os mesmos direitos plenos que têm hoje. 

Seminário “Taller Sobre las Nuevas Leyes de Migración en el Reino Unido”

Domingo (26/06), das 14h às 17h, em Londres

SOAS University of London – Room Khalili Lecture Theatre, Thornhough Street, London WC1 H0XG, Russell Square (Picadilly Line)

(Texto: brpress Office – Professional Press Release by brpress)

REPRODUÇÃO AUTORIZADA DESTE CONTEÚDO (TEXTO E FOTO)  DESDE QUE CITADAS AS FONTES.

Assista à Vitoria Nabas falando sobre o Brexit: