Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Marcelo Serrado: supresa com revival do sucesso de Crô. Foto: TV CulturaMarcelo Serrado: supresa com revival do sucesso de Crô. Foto: TV Cultura

Marcelo Serrado: de Crô a Frankenstein

(brpress) - Ator se diz surpreso com volta da popularidade de seu mordomo gay e fala sobre musicais, como O Jovem Frankenstein, no reality Talentos.

(brpress) – Crodoaldo Valério. Ou simplesmente Crô. Marcelo Serrado ficou surpreso com a popularidade do mordomo gay, seu personagem mais popular, com a reprise da novela Fina Estampa durante a pandemia. “Ele foi um divisor de águas na minha carreira e abriu caminho para mais personagens LGBT+ nas novelas”, diz o ator, apesar de Crô e a ‘comunidade’ não terem sido só love. 

Nesta quarta (24/06), às 18h, Marcelo Serrado é o convidado da live de Talentos, reality da TV Cultura que também teve as gravações interrompidas pelos novo coronavírus. O foco são musicais e o ator estrelou vários: Noel, O Poeta da Vila, sobre Noel Rosa, Tom & Vinícius – O Musical, quando interpretou Tom Jobim, A Noviça Rebelde e O Jovem Frankenstein, de Mel Brooks, que estrearia em março. 

Enquanto o coronavírus não deixa as pessoas irem ao teatro, Serrado e outros atores vão à sua casa. O projeto Teatro Já, idealizado pela atriz Ana Beatriz Nogueira, que vai transmitir peças ao vivo pela internet, cobrando R$ 10 por ingresso. O projeto começa na primeira semana de julho e vai contar com peças de Ana Beatriz às terças e quartas, Paulo Betti às quintas, Emílio Orciollo Netto  às sextas, e Serrado nos fins de semana. 

Metade da bilheteria arrecadada será convertida em ajuda a profissionais de teatro que estão sem trabalho por conta da proibição de aglomerações adotada como medida contra a disseminação da COVID-19. 

Paulo Betti

Paulo BettiPaulo Betti é ator e direitor e sua coluna foi publicada pela brpress.

Comentários

Publicar Comentário