Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

A contadora Mari Salles, especializada em economia criativa. Foto: Gabriela Quinalia

Mari Salles: a contadora ‘fora da casinha’

(São Paulo, brpress) - Ela viu na indústria criativa uma fonte de renda – e de amor. Por isso criou a Love Accounting, empresa de contabilidade especializada nestes profissionais. E vem curso de MEI por aí.

(São Paulo, brpress) – Ela viu no empreendedorismo criativo uma fonte de renda – e de amor.  Formada em contabilidade e também artesã, Mari Salles resolveu abraçar um segmento desprezado pelos contadores: profissionais da indústria criativa. Nascia a Love Accounting. Em dois anos, são mais de duas dezenas de clientes atendidos e cursos sob medida para este público. 

 “Donos de geralmente pequenos negócios e apaixonados pelo que  fazem, os empreendedores criativos têm mais dificuldade com números”, explica Mari. “Por isso, desenvolvi um atendimento acolhedor e parceiro, além de eficiente. “Fazemos com que o empreendedor entenda que planejamento financeiro faz a vida melhor e libera a cabeça para criar”. 

 O estilo de Mari é artístico e a pegada da Love é diferenciada e personalizada. Nem parece uma empresa de contabilidade. O site é amigável e bonito, e até o contrato é uma peça de arte gráfica em que se lê nas entrelinhas: “Criado com amor”. A maioria dos criativos sendo atendidos estão no Simples Nacional. 

Só Love no MEI

Especializada neste segmento, Mari Salles também dá atenção aos MEI (Microempresário Individual). MEI nos Trilhos será tema de mais uma turma online começando em março. São diversos módulos onde a “contadora fora da casinha”, como ela mesma se define, vai explicar como funciona o regime tributário, para quem se destina e quais são os “truques” para não cair em desgraça. 

 “Um exemplo de erro no MEI é estourar o limite de faturamento e pagar multas – o que pode virar uma bola de neve”, explica. “Outro ponto importante é saber a hora certa de sair do MEI antes de estourar o teto”. 

Loja colaborativa

MEI também será tema do módulo sobre Contabilidade e Finanças que Mari Salles vai dar no curso do Mercado Poucas e Boas, em parceria com a rede de empreendedorismo criativo Pivo, a partir de 19/03. Serão sete módulos e as inscrições começam em 19/02, no Instagram da Pivo (@Na.Pivo).  

Texto: brpressOffice – Professional Press Releases powered by brpress 

REPRODUÇÃO DESTE CONTEÚDO LIBERADA DESDE QUE CITADA A FONTE

MAIS INFORMAÇÕES PARA MÍDIA: (11) 98533-7352 / [email protected]