Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

FOTO - Sapato de Ronaldo FragaFOTO – Sapato de Ronaldo Fraga

Fraga encontra Mário de Andrade

(São Paulo, brpress) - Partindo de O Turista Aprendiz, livro do modernista, estilista mineiro chegou artesanal e romântico na SPFW. Por Lucianno Maza.

(São Paulo, brpress) – Conhecido e admirado por muitos pela forma cuidadosa como concebe suas coleções, o estilista mineiro Ronaldo Fraga apresentou sua proposta para o verão 2011 na São Paulo Fashion Week (SPFW): saem de cena a dramaticidade e a austeridade teatral que vinha marcando seus desfiles e entra na passarela uma coleção mais fácil de usar, sem por isso perder a assinatura criativa.

 Partindo de O Turista Aprendiz, de Mário de Andrade (no livro o escritor modernista registrou em fotos o Norte e Nordeste brasileiros), Fraga contou com a colaboração das rendeiras e bordadeiras de Passira, no agreste pernambucano, para fazer uma rica tecelagem em peças muito bonitas. O resultado foram vestidos com ar romântico e antigo, que destacam o jeito artesanal da coleção.

Paetês

 Com a predominância do branco, creme e bege, e momentos em rosado e azul fechado, Fraga usou bastante o tule – recorrente nesta edição do evento – sobre algumas de suas montagens, deixando-as ainda mais suaves. Destaque também para o uso do jacquard e pequenos babados, e para os paetês aplicados nas modelos.

 O vestido-envelope sintetiza a coleção, ao atiçar o desejo de compra (e uso), sem perder o impacto inventivo. Mais: ele é a carta do estilista-criador para seu público, narrando na roupa suas experiências pelo Brasil profundo de Andrade.

Comentários