Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Dois irmãos no campo de Kyein Ni PyinDois irmãos no campo de Kyein Ni Pyin

ONU lança Retrospectiva 2012

(brpress) - Nações Unidas revisam crises que testaram capacidade da Organização de reagir, frente a catástrofes e conflitos; Rio+20 é destaque.

(brpress) – Em 2012, as Nações Unidas passaram por diversas crises que testaram consistentemente a capacidade da Organização de reagir. Desde intensos fenômenos climáticos, que deixaram milhares de mortos ou sem moradia, até as contínuas crises no Mali, na Síria, no Sudão do Sul e na República Democrática do Congo, entre outros países e regiões, a ONU precisou negociar a paz e aumentar a capacidade de resposta a acontecimentos inesperados.

Para lembrar alguns destes momentos, o Departamento de Informação Pública (DPI) da ONU lançou a versão em português do vídeo com a retrospectiva 2012. O filme aborda a dificuldade da Organização de acabar com a crise na Síria, envolvendo ataques do governo contra o próprio povo e a resposta armada de grupos rebeldes. “Precisamos parar com a violência e o fluxo de armas dos dois lados e começar uma transição liderada pela Síria o quanto antes”, declarou o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon. O vídeo lembra que o Conselho de Segurança não entrou em um acordo sobre o tema, postergando uma resposta mais enfática para a questão.

Em 2012, ocorreu no Rio de Janeiro a maior conferência já realizada pela Organização em toda sua história – a Rio+20 – com a presença de mais de 40 mil pessoas e 191 Estados-Membros. “Não podemos continuar a queimar e consumir o nosso caminho para a prosperidade à custa de pobres do mundo e do meio ambiente global”, disse Ban, na ocasião.

A retrospectiva também aborda o recente conflito entre o governo de Israel e os palestinos em Gaza, que obrigou Ban Ki-moon a ir pessoalmente à região para buscar o cessar-fogo. Pouco depois, em novembro, uma resolução da Assembleia Geral elevou a Palestina ao status de Estado Observador não membro, em votação que contou com a ampla maioria dos votos dos países integrantes da ONU.

Assita ao vídeo sobre a retrospectiva 2012 da ONU:

[yt]rz2prSYXtFk[/yt]

Veja a retrospectiva em imagens das Nações Unidas:

[yt]oGjHsQnuoDY[/yt]

Ouça a retrospectiva da Rádio ONU em português, aqui

Mais, em inglês, aqui e aqui.