Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

A delegada Carolina Ramalho (Mayana Neiva) e o agente Julio Pedrazza (Antonio Saboia) na série Rotas de Ódio. Foto: NBCUniversalA delegada Carolina Ramalho (Mayana Neiva) e o agente Julio Pedrazza (Antonio Saboia) na série Rotas de Ódio. Foto: NBCUniversal

‘Não vamos viver com medo’, diz criadora de Rotas de Ódio

(São Paulo, brpress) - Para Susanna Lira, intuito da série é mostrar que defender os direitos humanos independe de ser de esquerda ou de direita. Por Juliana Resende.

(São Paulo, brpress) – Com a terceira temporada indo ao ar em 04/08, às 23h, no Universal TV, a série brasileira Rotas de Ódio se volta agora para os imigrantes e refugiados em situação vulnerável no submundo do trabalho escravo, prostituição e outros crimes, em São Paulo. “Como cidadã do Brasil atual sinto-me muito confortável em falar sobre intolerância contra negros, LGBTs e refugiados. Não tememos a repercussão de nossa abordagem. Não vamos viver com medo”, diz a criadora e roteirista Susanna Lira. 

O tom de Susanna não é polarizador – ela jura que Capitão (Rafael Losso), apelido do chefe da gang neonazista da série, é nome de seu cão, “um vira-lata”, ela frisa –, mas conciliador. “Falar sobre diretos humanos não é partidário; defendê-los independe de ser de esquerda ou de direita”, completa, “assim como o enfrentamento dos desafios diários da luta para combater crimes de ódio contra minorias”. 

Um imigrante será aliado da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) e da delegada Carolina Ramalho (Mayana Neiva): o advogado Miguel (Samuel de Assis, ótimo no papel), para tristeza do agente Julio Pedrazza (Antonio Saboia). “É um grito de sai de dentro de todos aqueles que vivem em situação de vulnerabilidade e também de mim interpretar um advogado de uma ONG internacional negro, de dreadlocks”, diz Samuel de Assis. Fica no ar se é ele que vai viver um romance com Carol. 

(Juliana Resende/brpress)

Assista ao trailer da terceira temporada de Rotas do Ódio:

Juliana Resende

Jornalista, sócia e CCO da brpress, Juliana Resende assina conteúdos para veículos no Brasil e exterior, e atua como produtora. É autora do livro-reportagem Operação Rio – Relatos de Uma Guerra Brasileira e coprodutora do documentário Agora Eu Quero Gritar.