Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Terno Gucci by Michele, usado por Harry Styles, na expo Fashioning Masculinities. Foto: Andrea KirstTerno Gucci by Michele, usado por Harry Styles, na expo Fashioning Masculinities. Foto: Andrea Kirst

Alessandro Michele: ‘Odeio a palavra unissex’

Entusiasta da onda genderless na moda masculina, estilista-chave na mostra Fashioning Masculinities, patrocinada pela Gucci, deixa marca.

(Londres, brpress) – A exposição Fashioning Masculinities: The Art of Menswear, que visitamos no Victoria & Albert, em Londres, ganhou relevância novamente. Patrocinada pela Gucci, a mostra revisitou a moda masculina e o próprio conceito de masculinidade – hoje tão questionado pela onda genderless. E não é que Alessandro Michele, um dos principais entusiastas da fluidez de gênero na direção criativa da Gucci, deixou o comando da casa italiana uma semana após o encerramento da exposição?

Porca miseria!

Alessandro Michele deixou claro que sua linha de trabalho na Gucci nunca foi fazer roupas unissex:

“Apenas peças – sem rótulos”.

Na divulgação de Fashioning Masculinities, Alessandro Michele declarou, em entrevista à publicação especializada em moda WWD: “Eu odeio a palavra unissex”. 

Michele revelou que começa a criar uma coleção sempre a partir de um terno, que tradicionalmente é restrito aos homens, mas que as mulheres adotaram para se empoderar. 

Terno azul

É criação dele o terno azul Gucci usado por Harry Styles exibido na seção Overdressed, de Fashioning Masculinities, que exalta o quão presentes eram as cores e estampas nos trajes masculinos desde o século 17 até os anos 60, e as releituras destes períodos.

(Andrea Kirst, especial para brpress)

#brpressconteudo #conteudoqueconecta #gucci #alessandromichele #fashioningmasculinities #modamasculina #moda

REPRODUÇÃO TOTAL E/OU PARCIAL DESTE CONTEÚDO SOMENTE AUTORIZADA PELA BRPRESS. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

Andrea Kirst

Especializada em Jornalismo Criativo pela New School For Social Research (NY) e Design Experimental de Moda pela Central Saint Martins, em Londres, onde mora há 10 anos, trabalhou na indústria da moda e colabora com a brpress.

Comentários

Publicar Comentário