Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Jane Austen: escritora vai estampar nota de £10. ReproduçãoJane Austen: escritora vai estampar nota de £10. Reprodução

Jane Austen: verve bicentenária

(brpress) - Clássico literário Orgulho e Preconceito, obra-prima de Jane Austen, completa 200 anos e tem relançamento de luxo, bilíngue.

(brpress) – A escritora inglesa Jane Austen (1775-1817), cujo 196o. aniversário de morte foi recém-completado, será a segunda mulher da história britânica a estampar uma nota de libra esterlina (£10). O motivo da homenagem é o bicentenário, completado em 2013, do livro Orgulho e Preconceito, considerado um clássico e escrito em 1797.

     Jane Austen não imaginava a magnitude que o livro teria ao longo de dois séculos. Além de ser considerada como uma das maiores figuras da literatura inglesa, ela representa um exemplo de escritora cuja vida protegida e recatada em nada reduziu a estatura e o dramatismo da sua ficção.

    Em homenagem aos 200 anos de sua publicação, a obra está sendo relançada em edição de luxo, bilingue português-inglês: Orgulho e Preconceito/Pride and Prejudice (Editora Landsmark, 400 págs., R$ 32,00). Jane Austen começou a escrever seu segundo romance antes de completar  21 anos de idade.

Falsas impressões

    O livro original foi lançado em 28 de janeiro de 1813, após a venda dos direitos autorais para o editor Thomas Egerton, de Whitehall, por £110. Orgulho e Preconceito mostra, de forma satírica e muito autëntica, o conflito entre aristcracia e plebe na Inglaterra pré-vitoriana, transcendendo o preconceito causado pelas falsas primeiras impressões e adentrando nas relações psicológicas. Com isso, mostra como o autoconhecimento pode interferir nos julgamentos errôneos feitos a outras pessoas.

    As emoções e os sentimentos devem ser decifrados por quem decidir mergulhar na obra de Jane Austen, visto que se apresentam encobertos nas entrelinhas do texto  e que texto! A escritora demonstra sua habilidade em expressar a discriminação de maneira sutil e perspicaz, ao transmitir  mensagens complexas valendo-se de seu estilo ao mesmo tempo simples e espirituoso.

Casamentos arranjados

    O tema de Orgulho e Precnceito é contemplado logo na frase inicial, quando a autora menciona que um homem solteiro e possuidor de grande fortuna deve ser o desejo de uma esposa. Com esta citação, Jane Austen assume o foco da trama:  os relacionamentos e os casamentos arranjados de acordo com os  interesses econômicos e sociais, em detrimento de outros sentimentos.

    A história aborda a relação entre Elizabeth Bennet (Lizzy) e Fitzwilliam Darcy  – o famoso Mr. Darcy (revivido numa versão pós-moderna mas igualmente pedante, tímido e bom moço nos filmes de Bridget Jones), na Inglaterra rural do século 18.

    Lizzy tem outras quatro irmãs, nenhuma delas casada devido à situação modesta da família – não fazem parte nem da aristocracia nem da burguesia ascendente e abastada. Quando o Sr. Bingley, jovem bem-sucedido, aluga uma mansão próxima da casa dos Bennet, a Sra. Bennet vê nele um possível marido para uma de suas filhas.

Falsos sentimentos

    Enquanto o “futuro pretendente” é visto com bons olhos pela família desejosa de casar as filhas, Darcy, por seu jeito frio, é mal falado. Lizzy, em particular, desgosta imensamente dele, por ele ter ferido seu orgulho na primeira vez em que se encontram. A recíproca não é verdadeira.

    Mesmo com uma má primeira impressão, Darcy realmente se encanta por Lizzy, sem que ela saiba do fato. O  livro mostra a evolução do relacionamento entre eles e os que os rodeiam, retratando, desse modo, a sociedade inglesa do final do século 18.

    Considerado a obra prima de Jane Austen, Orgulho e Preconceito ganhou diversas versões para o cinema e televisão, sendo a mais recente lançada em 2005, com interpretações de Keira Knightley e Matthew Macfadyen nos papéis principais.

Comentários

Publicar Comentário