Acesse nosso conteúdo

Populate the side area with widgets, images, and more. Easily add social icons linking to your social media pages and make sure that they are always just one click away.

@2016 brpress, Todos os direitos reservados.

Foto: Manifestantes se reúnem em frente ao QG do Exército em Brasília. Valter Campanato/Agência BrasilFoto: Manifestantes se reúnem em frente ao QG do Exército em Brasília. Valter Campanato/Agência Brasil

‘Lutar contra o fascismo não é radical – é necessário’

‘Call to action’ está no site DayAgainstFascism.eu por conta do Dia Internacional contra o Fascismo e o Antissemitismo.

(brpress) –  “Lutar contra o fascismo não é radical, é necessário”. A ‘call to action’ está no site DayAgainstFascism.eu por conta do Dia Internacional contra o Fascismo e o Antissemitismo, celebrado nesta quarta-feira (09/11) como parte de campanhas antifascistas na Europa. No Brasil, a data merece ser lembrada e praticada, dado o clima de intolerância política e afronta ao estado democrático de direito. 

São graves e preocupantes as demonstrações da extrema direita – como aquela em que “patriotas” (a nova palavra para bolsonaristas) cantam o Hino Nacional fazendo um gesto nazista – e atos contra a democracia apoiados por autoridades e financiados por empresários, envolvendo até crianças, que manifestam racismo em escolas (alvo de investigação pelos Ministérios Públicos de RS, SC e SP). 

Crimes

O Artigo 286 do Código Penal tipifica o crime de incitamento ao crime: “Incitar, publicamente, a prática de crime: Pena – detenção, de três a seis meses, ou multa”. A Lei 14.197 acrescentou um Parágrafo Único a esse artigo: “Incorre na mesma pena quem incita, publicamente, animosidade entre as Forças Armadas, ou delas contra os poderes constitucionais, as instituições civis ou a sociedade.”

Quanto ao antissemitismo, o ódio ao PT chegou ao ponto de apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) quererem que empresários que supostamente tenham votado em Luiz Inácio Lula da Silva (PT) identifiquem seus estabelecimentos com estrelas vermelhas nas fachadas

A ideia remete ao boicote a estabelecimentos de judeus promovido pelo nazismo na Alemanha e está sendo difundida nas redes sociais e grupos de WhatsApp. 

Antipetismo

“O antipetismo é o correspondente histórico e geopolítico do antissemitismo entre nós”, afirma a filósofa Márcia Tiburi.

. “Acho que nesse caso também a gente precisaria entender mais as movimentações do racismo e da xenofobia interna que existe no Brasil”, continua ela, referindo-se ao ódio aos nordestinos. 

Kristallnacht

A data 9 de novembro foi estabelecida pelo Parlamento Europeu como Dia Internacional contra o Fascismo e o Antissemitismo, devido à sua carga histórica: em 9 de novembro de 1938, ocorreu a Kristallnacht (Noite dos Cristais), na Alemanha, que representou os primeiros passos da perseguição aos judeus pelos nazistas. 

A data ficou assim conhecida devido à imensa quantidade de vidros quebrados que cobriam as ruas nas cidades. Nesta noite, tropas alemãs destruíram mais de 8000 casas e lojas judias, incendiaram sinagogas e atacaram judeus por todo o país.

#brpressconteudo #fascismo #antissemitismo #antipetismo #bolsonaristas #patriotas #nazismo #racismo #Kristallnacht