Acesse!


BRPRESS NO TWITTER

BRASIL - Operação Rio: novas reportagens
Qua, 04 de Março de 2020 14:56

Mãe da menina Ágatha Félix, assassinada por um policial, ...

(Rio de Janeiro, brpress) - Março traz o Dia Internacional da Mulher (08), o Dia Mundial da Infância e Dia Internacional contra a Discriminação Racial (21), o Dia Internacional pelo Direito à Verdade sobre Violações Graves dos Direitos ˙Humanos e Dignidade das Vítimas (24) e Dia Internacional de Recordação das Vítimas da Escravidão e Comércio de Escravos no Atlântico (25). 

 

Perfeito para iniciar a publicação de uma série de reportagens exclusivas e atuais sobre os reflexos da violência nas favelas do Rio de Janeiro, produzidas pela brpress e realizadas pela autora do livro-reportagem Operação Rio - Relatos de Uma Guerra Brasileira (1995), a jornalista Juliana Resende, editora-executiva e repórter especial desta agência. 

 

 Em 25 anos, quando Juliana foi a campo então como repórter de O Estado de S. Paulo, muita coisa NÃO mudou. 

 

Ágatha Vitória Vive

 

Não bastassem estas datas que têm tudo a ver com a dura realidade da população destes territórios em que a chamada “guerra às drogas” se confunde com uma política de extermínio do pobre geralmente negro, dia 31/03, a mãe da menina Ágatha, assassinada por um policial, comanda a ação social Ágatha Vitória Vive, no Complexo do Alemão. 

 

 “O que me move é a tentativa de transformar esse dia de dor e tristeza em solidariedade para muitos desta comunidade”, diz Vanessa Félix, no vídeo que pode ser assistido com um clique na foto acima e em longa entrevista exclusiva à Juliana Resende.  

 

O evento, no dia em que Ágatha completaria 9 anos, será uma grande mobilização de mães que perderam filhos para o estado-violência a que estes territórios parecem confinados. Estão confirmadas as presenças das Mães de Manguinhos – Ana Paula Oliveira, Fátima Pinho e Eliene Maria Vieira – e a Defensoria Pública do RJ, que lançou a campanha #DeixeAFavelaEstudar, pedindo com liminar na Justiça o fim de operações policiais em horário escolar, nas comunidades cariocas. 

 

Todos os citados nesta pré-pauta foram entrevistados in loco entre outubro e dezembro de 2019, durante a produção do documentário Port-Au-Prince - Rio Connections, que será lançado em junho de 2020, com exibições no Rio, SP e Londres. 

 

Mais informações sobre conteúdos e disponibilidade: (11) 98533 7352; Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. cc para Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Assista ao vídeo da ação social Ágatha Vitória Vive: